Alvorada

Digitalização-cópia 4

Alvorada – É o anúncio musical do começo do dia da festa religiosa, a cargo de um músico individual como é o caso do tamborileiro, ou de um conjunto instrumental variável, outrora gaita-de-foles, caixa e bombo, hoje predominantemente banda filarmónica. Ao romper da aurora (ultimamente a uma hora marcada, 8 h ou 9 h), percorre as ruas da localidade e pára, para cumprimentos, à porta da residência paroquial, das casas dos festeiros, mordomos e demais pessoas ilustres da terra, bem como das autoridades. Entre os grupos instrumentais tradicionais, nomeadamente os que integram gaitas-de-foles, generalizou-se um género musical adequado a estas circunstâncias que, por esse motivo, ganhou o nome de alvorada.

Discografia: Michel Giacometti, Antologia da Música Regional Portuguesa, Disco de Trás-os-Montes, Face A, faixa 1; Joaquim Roque, o último gaiteiro tradicional de Torres Vedras, Associação Portuguesa de Gaita-de-foles, faixa 1; Recolhas de Armando Leça, inéditas, arquivo da RDP, bobine AF-457 (Nozedo de Cima, Vinhais).

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *