Roda, Cantiga da

Imed. Fundão

Roda, Cantiga da – Canto de trabalho entoado enquanto se puxa, com os pés, uma roda enorme, cujo movimento serve para tirar água do rio e regar os campos de milho, através de púcaros de barro (alcatruzes) que se encontram presos, com varas de salgueiro, à mesma roda. Frequente nas margens do Tejo, do Nabão, do Ceira e sobretudo do rio Zêzere.

Discografia: Michel Giacometti, Antologia da Música Regional Portuguesa – Beiras, Lado A, faixa 13.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *