Poejos

unnamed - Cópia (18)

Os Poejos crescem habitualmente no ambiente selvagem à beira das ribeiras e têm, um aroma forte e peculiar. É uma planta muito rica em mentol, e actua ao nível da região cerebral. Facilita a digestão, porque estimula a actividade enzimática do aparelho digestivo. Tem propriedades sedativas, diuréticas, degustativas e carminativas em casos de meteorismo, combatendo as fermentações intestinais. É aconselhado como expectorante e antitússico na tosse convulsa e catarro.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *