Giacometti, Michel

Digitalização

Giacometti, Michel – Natural da Córsega, fixou-se em Portugal em 1959, vindo a falecer em 1990. Realizou um importante trabalho de recolhas musicais em todas as províncias do continente, contando com a colaboração de Fernando Lopes-Graça, que acompanhou nas suas primeiras digressões à Beira Baixa. Publicou o resultado dessas recolhas numa edição de cinco discos em vinil, em capa de serapilheira, intitulada Antologia da Música Regional Portuguesa, abrangendo o Minho, Trás-os-Montes, Alentejo, Algarve, Beira Alta, Beira Litoral e Beira Baixa. Em 1970, efectuou com Alfredo Tropa uma série de programas televisivos intitulada “Povo que canta”, que constitui um notável e histórico registo audiovisual da tradição musical portuguesa. Já em 1962, aliás, realizara um documentário televisivo sobre o Alar das redes, também com produção da RTP.

     Depois da Revolução de 1974, coordenou o Plano Trabalho e Cultura, cujo espólio se encontra no Museu do Trabalho, em Setúbal. O Museu Verdades de Faria, no Monte Estoril, alberga a colecção de instrumentos musicais que reuniu ao longo da vida. O espólio das recolhas musicais foi-lhe comprado, ainda em vida, pelo Estado, com reserva de usufruto, e encontra-se no Museu de Etnologia, em Lisboa. Deixou, além das referidas, muitas outras edições de recolhas musicais. Em 1981 publicou o Cancioneiro Popular Português, colectânea de pautas musicais colhidas da tradição oral por vários autores, incluindo ele próprio, seleccionadas por Fernando Lopes-Graça, a quem, aliás, cabia, na longa colaboração entre ambos mantida, a selecção dos trechos musicais a editar, bem como a respectiva anotação.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *