Genebres

MAI 2005 - Lousa, Senhora dos Altos Céus 059

Genebres – Instrumento musical popular do tipo dos idiofones constituído por peças maciças em madeira, de forma cilíndrica, presas por uma tira de pele ou cordão e suspensas do pescoço do tocador, dispostas paralelamente e de tamanho decrescente, de cima para baixo, as quais são percorridas por uma outra peça de madeira, com grande rapidez. Ernesto Veiga de Oliveira localizou o instrumento a acompanhar as danças tradicionais da Lousa, Castelo Branco. O termo ginebra para designar este instrumento é usado em Espanha e em Portugal pelo menos desde o séc. XVII (Ribeiras do Mondego, de Sá Sotomaior).

     Noutros locais, v. g. região de Leiria, existe uma variante a que se dá o nome de sapo: as peças de madeira são substituídas por uma série de canas de diferentes comprimentos, dispostas paralelamente e presas por um cordão. É pendurado ao pescoço (as canas mais curtas para cima) e o tocador, enquanto, com a mão esquerda, puxa para baixo o conjunto dessas canas, tange-as todas, ou parte delas, com uma outra cana, mais fina, que segura na mão direita. Tal como a genebres, toca-se a raspar e nunca a bater, o que significa que não exerce qualquer função melódica como o xilofone, mas tão somente rítmica.

     Mais: Instrumentos Musicais Populares Portugueses, de Ernesto Veiga de Oliveira; Tradições Musicais da Estremadura, Tradisom 2000, de José Alberto Sardinha, p. 468 e 469.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *