Epitalâmio

DEZ. 2003 - ALMEIDA 001

Epitalâmio – Saudação de parabéns aos noivos, espécie de serenata de homenagem, tradicionalmente interpretado pela mocidade solteira à porta dos recém-casados, na noite do casamento, após o baile (em certas localidades também no baile dos pregões e também no baile da boda). Esta saudação assume geralmente carácter musical mediante o chamado canto de parabéns aos noivos, um fandango cantado, ou um Saloio – vide -, ou o fado corrido, com acompanhamento instrumental variado, na Beira Baixa guitarras e violas, agora concertina ou acordeão. A pesquisa fundanense de José Alberto Sardinha (2015 a 2017) concluiu que no concelho do Fundão ainda se canta este cerimonial, agora apenas no fim da boda, no restaurante onde é realizada.

Discografia: Idanha-a-Nova, toques e cantares da vila, de José Alberto Sardinha, faixa 3; Recolhas de Armando Leça, inéditas, arquivo RDP, bobine AF-451 (Especiosa, Miranda do Douro), AF-534 (Parada de Gonta, Tondela), AF-544 (Vila Verde de Ficalho).

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *