Chulada

Marecos, Penafiel, 1994

Chulada – Nome que se dá ao conjunto instrumental popular em certas regiões do país (Amarante, Baião, Marco de Canaveses), por vezes também conhecido simplesmente por chula, ou festa, geralmente composto por viola, violão, rabeca, pequeno tambor e ferrinhos. O termo provém do facto de ser a chula o principal tema do seu reportório, mas, como é evidente, esse conjunto instrumental toca muitos outros temas populares. No volume II do Cancioneiro de Músicas Populares, em 1895, César das Neves transcreve uma chula rabela “característica da província do Douro”, e fornece a seguinte informação: “Os instrumentos indispensáveis para uma festa chuleira são: rebeca, viola, ferrinhos e tambor, podendo-se-lhe agregar indistintamente todos os demais de corda ou de sopro”.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *