Amentação das Almas

IMG_6806

Amentação das Almas – Também Amentar das Almas e, por corruptela, Lamentar das Almas. Uma das formas de culto musical às Almas do Purgatório (vide), geralmente através do cântico denominado Almas Santas, que consiste num diálogo entre Deus e as almas, em que Ele manifesta a vontade de as salvar do fogo do Purgatório: “À porta das almas santas/ Bate Deus a toda a hora/ Almas Santas lhe respondem/ Ó meu Deus, que quereis agora?/ Quero que deixeis o mundo/ E venhais para a Glória”. Ao contrário da Encomendação das Almas (vide), que consiste numa exortação musical à reza pelas alminhas, a Amentação tem como objectivo, como aliás o próprio texto poético indica, o peditório para mandar dizer missas de sufrágio por essas almas caídas ao fogo do Purgatório. Durante a Quaresma, um grupo de homens percorre as casas da aldeia – e por vezes até das localidades circunvizinhas – e aí canta apelando à esmola, que antigamente era em géneros agrícolas posteriormente vendidos em leilão, ultimamente em dinheiro. O grupo de homens divide-se em duas partes, começando uns a cantar o primeiro dístico, logo repetido pelos outros, até final, altura em que rogam a esmola para a referida devoção. O grupo de amentadores pertence a uma confraria das almas, ou representa um resquício dessas antigas confrarias, outrora tão numerosas e activas por todo o país. Amentar ou ementar significa, no português antigo, “trazer à lembrança, recordar”.

Mais: Tradições Musicais da Estremadura, de José Alberto Sardinha, p. 207 a 211. Discografia: Faixa 21 (Leiria) do CD 2 que acompanha esse livro; e ainda Recolhas Musicais da Tradição Oral Portuguesa, 1982, de José Alberto Sardinha, Disco 1, Lado B, Faixa 2 (Boalhosa, Ponte de Lima), Disco 2, Lado A, Faixa 8 (Alcofra, Vouzela), Faixa 11 (Vermilhas, Vouzela); Portugal – Raízes Musicais, BMG/Jornal de Notícias 1997, recolhas de José Alberto Sardinha, CD 1, faixa 21 (Ponte de Lima), CD 3, faixas 17 e 27 (Vouzela); Recolhas de Armando Leça, inéditas, arquivo RDP, bobine AF-531 (Bom Sucesso, Aveiro), AF-536 (S. Pedro do Sul)

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *